Pesquisa de satisfação de evento: saiba aqui como elaborar

///Pesquisa de satisfação de evento: saiba aqui como elaborar

Pesquisa de satisfação de evento: saiba aqui como elaborar

Você já pensou que pode obter o feedback dos seus clientes por meio de uma pesquisa de satisfação de evento bem elaborada? No cenário atual, a maioria das empresas procura saber a opinião dos clientes a respeito de seus eventos.

Mas como fazer isso sem constranger o cliente? Saber os pontos cruciais para essa abordagem é um desafio, já que as respostas podem revelar dados preciosos.

Elaborar uma pesquisa de satisfação de evento pode ser muito relevante para sua empresa, já que serve como um guia do que pode ser melhorado e mostra o que foi desenvolvido de forma positiva.

Por isso, separamos algumas dicas para você aprender a elaborar sua pesquisa, mostrando os pontos ideais de abordagem e outros quesitos importantes envolvidos. Confira!

Tipos de pergunta

Saber como abordar alguém pode ser a principal forma de acerto na obtenção desses resultados. Para não se prolongar e tornar o questionário cansativo, opte por questões de múltipla escolha para perguntas simples. Por exemplo: “A decoração agradou?”, “Os brindes exclusivos foram surpreendentes?”, “O ambiente estava agradável?”, entre outras.  

Para questões mais complexas, como sugestões de melhoria de algum ponto importante e opiniões gerais, separe um espaço para respostas discursivas. Normalmente, esse tipo de pergunta é feito no fim do questionário. 

Abordagem recomendada

Tenha uma linguagem leve e espontânea. Procure fazer perguntas que sejam fáceis de responder com sim ou não e que sejam criativas e descontraídas. E o principal, faça uma pesquisa com poucas perguntas, para não torná-la cansativa.

A ideia principal é abordar o público de forma tranquila, para depois saber como medir os resultados. É importante seguir o roteiro de perguntas de forma atenta, para não correr o risco de obter respostas que não colaborem para a compreensão dos resultados desejados.

Escala de avaliação

Para fazer uma escala de avaliação, é importante ter em mente que alguns pontos precisam estar predefinidos. Fazer um questionário por categorias e sinalizá-las é uma boa forma de obter um ranking das melhores e piores áreas. Nesse momento, ser claro é bastante importante.

Confira um exemplo de como essa classificação pode ser feita:

  • comidas;
  • atrações;
  • lembranças;
  • espaço.

Assim, sua leitura de cada uma das áreas do evento será mais bem posicionada e mais fácil de interpretar.

Interpretação dos dados colhidos

Saber interpretar críticas é uma tarefa complexa e muitas vezes difícil. Então, invista em uma simbologia como escala de avaliação. Por exemplo, contar com uma sinalização para uma melhor compreensão ajuda muito nesse trabalho.

Ao longo da enquete, usar “emojis” com reações pode ser algo bastante revelador. Afinal, a linguagem por sinais fala por si só. Além disso, ser criativo até na hora de propor a pesquisa de satisfação pode lhe render um lugar de destaque. Seja sempre autêntico!

Mensuração dos resultados obtidos

Agora, chegou a hora de mensurar e absorver os dados que foram colhidos. Faça uma reunião e debata com os organizadores os pontos mostrados pela pesquisa de satisfação de evento. Assim, vocês podem dialogar sobre possíveis melhorias e também sobre inovações!

Nessa conversa, é preciso identificar as partes boas e ruins do evento, buscando corrigir o que for necessário. Esteja ciente de que, independentemente dos resultados, apenas com esse tipo de levantamento é possível melhorar cada vez mais.

E então, gostou de saber como elaborar uma pesquisa de satisfação de evento? Para não perder nenhum de nossos conteúdos, siga-nos nas redes sociais! Estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn e no Twitter!

By | 2018-04-16T13:45:03+00:00 abril 16th, 2018|Categories: Corporativo|0 Comments